O encerramento do prazo para registro de candidaturas às eleições municipais de novembro confirmou 15 nomes na disputa pela Prefeitura de Belo Horizonte. Curiosamente, o único com experiência na corrida pela PBH é justamente o atual ocupante do cargo, Alexandre Kalil (PSD). E os perfis dos postulantes revelam diversidade em vários aspectos.

Três são as candidatas cabeças-de-chapa: a deputada federal Áurea Carolina (PSOL); a ex-secretária-adjunta de Estado de Planejamento e Gestão Luísa Barreto (PSDB) e a estudante Marília Domingues (PCO). Que, na documentação encaminhada à Justiça Eleitoral, indicou não ter bens em seu nome. No extremo oposto está o empresário Fabiano Cazeca (Pros) que, em sua declaração, listou patrimônio de R$ 5.514.150,00.

Nilmário Miranda (PT), é o mais velho na disputa, com 73 anos. No outro extremo está o deputado estadual Bruno Engler (PRTB), com 23, completados em junho.

Candidaturas

Alexandre Kalil/Fuad Noman (PSD/Avante/PDT/PV/MDB/DC/PP/Rede)

Áurea Carolina/Leonardo Péricles (PSOL/UP)

Bruno Engler/Mauro Quintão (PRTB)

Cabo Xavier/Paula Maia (PMB)

Fabiano Cazeca/Doutora Paula (Pros/PTC)

João Vítor Xavier/Leonardo Bortoletto (Cidadania/DEM/Podemos/PTB/PMN/PSL/PSC/PL/PSB)

Lafayette Andrada/Marlei Rodrigues (Republicanos)

Luísa Barreto/Juvenal Araújo (PSDB)

Marcelo de Souza e Silva/Leandro Moreira (Patriota)

Marília Domingues/Silvânio Vilaça (PCO)

Nilmário Miranda/Luana de Souza (PT)

Professor Wendel Mesquita/Sandra Bini (Solidariedade)

Rodrigo Paiva/Patrícia Albergaria (Novo)

Wadson Ribeiro/Kátia Vergílio (PCdoB)

Wanderson Rocha/Firmínia Rodrigues (PSTU)