"Somos a única capital no país sem um plano para a retomada das atividades". A frase de Paulo Solmucci, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), marca o vídeo em que a entidade convoca a população de Belo Horizonte para uma manifestação nesta quarta-feira, na Praça da Liberdade. De acordo com o dirigente, o movimento é para que um plano viável de retomada das atividades seja apresentado pela prefeitura da capital.

"Sem protocolos oficiais conhecidos, Belo Horizonte convive com boa parte do comércio funcionando normalmente nos bairros fora do hipercentro e com ônibus lotados espalhando cruelmente o vírus entre os mais pobres. Não conhecendo as normas e recomendações para uma operação segura, as pessoas que não têm outra alternativa para sobreviver a não ser trabalhar, acabam aumentando a velocidade de contaminação", destaca Solmucci em trecho do vídeo disponível nas redes sociais da associação.  

Confira o vídeo publicado pela Abrasel:

Retomada

Há quatro meses com bares e restaurantes fechados, tendo como única opção o delivery, BH convive com o encerramento das atividades de estabelecimentos conhecidos, incluindo alguns de alta gastronomia. Na última semana, a Prefeitura de Belo Horizonte publicou um comunicado com a definição de protocolos a serem seguidos por vários segmentos do comércio da cidade. As medidas foram classificadas por donos de bares e restaurantes como inviáveis.

"Não estamos propondo abrir hoje ou amanhã, mas sim ter um plano viável. Neste dia (quarta-feira), entregaremos à prefeitura a sugestão deste plano para que ela possa se manifestar, mudar e melhorar. Sem ele, a perda de vidas, negócios e empregos será ainda maior", expôs Paulo Solmucci antes da convocação efetiva da população para a manifestação, prevista para 14h30, na Praça da Liberdade, região Centro-Sul da capital.

Leia mais:

Em enquete do Hoje em Dia, cerca de 70% dizem que não iriam a bares mesmo com protocolo da PBH

Estrago irreversível: Covid fecha 40% das empresas paradas no país; em BH, comércio exige reabrir

Donos de bares e restaurantes criticam protocolo da PBH para a reabertura do comércio

Belo Horizonte já tem protocolos para reabertura de estabelecimentos comercias