Uma semana depois de colocar à venda participação em consórcios para exploração de petróleo e gás no Norte de Minas e na Bahia, a Cemig anunciou que também venderá 46 imóveis. Os bens estão distribuídos em 27 municípios mineiros, abrangendo todas as regiões do Estado, e também em Goiás.

Os imóveis poderão ser consultados neste link e a sessão pública está prevista para o dia 23 de janeiro, às 10 horas. Conforme a empresa, os interessados terão até as 9h30 do mesmo dia para enviar as propostas.

Pessoas físicas e jurídicas podem participar do pregão, mas, no caso dos imóveis, é necessário fazer cadastro e credenciamento, observando as exigências necessárias no Portal de Compras. 

Dentre os imóveis colocados à venda está um terreno que fica na rua Juiz de Fora, esquina com a avenida do Contorno, no Barro Preto, região Central de Belo Horizonte. Na Região Metropolitana de BH, são oferecidas propriedades em Betim e Santa Luzia.

No interior, os imóveis estão em Governador Valadares e Itabira (na região Leste); Itajubá, Itutinga, Pouso Alegre, Machado, Santa Rita do Sapucaí, Nepomuceno, São Lourenço e São Gonçalo do Sapucaí (na região Sul); Carmo do Cajuru, Pará de Minas e Passos (na região Oeste); Botumirim, Cristália, Francisco Dumont e Montes Claros (no Norte de Minas); Centralina, Conceição das Alagoas, Uberaba e Uberlândia (no Triângulo); e em Piau e Bicas (Zona da Mata).

Em Goiás, os bens estão localizados na cidade de São Simão.

Leia mais:
Zema quer privatizar estatais como a Cemig e diz que tem que enxugar 'pessoal' e aposentadoria
Cemig põe à venda negócios de petróleo e gás