WASHINGTON - A tempestade Sandy perdia força nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (30), enquanto prosseguia seu trajeto pelo leste dos Estados Unidos, mas ainda pode provocar fortes ventos e inundações.

O Centro Nacional de Furacões (NHC) informou às 9 horas (7 horas no horário de Brasília) que Sandy se deslocava ao sul do estado da Pensilvânia com ventos de 105 km/h e rajadas ainda mais fortes sobre grande parte da costa leste.

A supertempestade, rebaixada para tempestade extratropical pouco depois de tocar a terra na costa de Nova Jersey na segunda-feira à noite, mas a destruição provocada superou amplamente seu nível na escala Saffir-Simpson dos furacões.

As chuvas torrenciais e os fortes ventos na costa leste dos Estados Unidos e do Canadá provocaram 16 mortes até o momento, mas o balanço final pode ser maior, pois as operações de busca e resgate prosseguem nos estados afetados.