Uma das bandas de rock mais antiga e famosa do mundo, The Rolling Stones abriu, na noite desta quarta-feira, 3, a turnê Olé pela América Latina com um show para mais de 55 mil pessoas no Chile. O megaevento ocorreu no Estádio Nacional, em Santiago. Desde 1995 os britânicos não tocavam no país andino.

Os portões de acesso ao Estádio Nacional, localizado no bairro Ñuñoa foram abertos às 17h30 para o público que enfrentou imensas filas sob um forte sol e calor.
Apaixonados pela banda, o casal de chilenos Fernando Urzua e Rocío Sepúlveda contou que eles assistiram ao primeiro show do grupo em fevereiro de 1995. "Foi neste mesmo Estádio. Além disso vimos a banda tocar na Argentina e Estados Unidos. Agora estamos novamente aqui, vendo-os ao vivo, bem na nossa frente", diz Fernando.

Já as irmãs santiaguinas Milena e Carina Rock realizaram nesta quarta-feira um grande sonho: após duas décadas de espera, tiveram a oportunidade de ficar frente a frente, a poucos metros de distância dos lendários Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood e Charlie Watts. "É uma verdadeira classe magistral de rock", define Milena ao falar dos Rolling Stones.

O show começou às 21h10 com um palco de dimensões generosas, 58 metros de largura e 25 metros de profundidade. Nas laterais, dois imensos telões exibiam o logotipo mais conhecido do planeta, a língua dos Rolling Stones. A música de abertura que embalou todas as gerações presentes nas arquibancadas e gramado do Estádio Nacional foi Start me Up. Em seguida o quarteto tocou It's Only Rock and Roll, Let’s Spend the Night Together e Tumbling Dice.

Entre uma performance e outra, Mick Jagger demonstrava seu carisma e esforço ao falar em espanhol para um gigantesco número de fãs. "Hola Santiago, hola Chile. Es muy bueno estar de vuelta en este Estadio. És como ganar la Copa America", disse. Após a primeira meia hora de música, o líder Mick Jagger revelou a canção ganhadora de uma votação online que foi aberta aos fãs chilenos dias antes da estreia. Os admiradores da banda britânica elegeram um clássico dos anos 60 - She’s a Rainbow, música pouco tocada em sua setlist.

Outras canções que embalaram o público por mais de 2h e fizeram as "cordilheiras tremerem" foram Jumpin'Jack Flash, Satisfaction, Brown Sugar e You Can't Always Get What You Want. Antes de finalizar, Mick Jagger falou para o público que é bom estar de volta ao Chile e revelou que visitou, desta vez, a casa do poeta chileno Pablo Neruda e o famoso "Café com Pernas", estabelecimento tradicional de Santiago onde se pode tomar um delicioso café o observar as atendentes com suas minissaias tentando cobrir suas as torneadas pernas. A invenção atrai muitos turistas.

O show dos Rolling Stones acabou por volta das 23h15. Foram pouco mais de 2h de duração. Nesta quinta-feira, 4, a banda, que tem mais de 50 anos de estrada, deve deixar a capital Santiago rumo a Buenos Aires, capital da Argentina. O grupo se apresentará no domingo, 7, no Estádio de Ciudad de la Plata. Esta será a segunda estação da turnê. Depois a banda segue para Montevidéu, Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Lima, Bogotá e Cidade do México.