O segundo capítulo da série “Assassin’s Creed: Chronicles” chegou ao mercado na semana passada, dando sequência no projeto paralelo da Ubisoft para sua franquia de maior prestígio. Mais uma vez o game coloca o jogador na pele de um integrante da Ordem dos Assassinos em seu eterno conflito contra os Templários.

Em “Assassin’s Creed: Chronicles India” a aventura se passa em meados do século XIX na terra dos marajás. O pano de fundo da trama é confronto entre militares da Companhia Britânica das Índias Orientais e guerreiros Sihk, estes não muito satisfeito com a ocupação inglesa na região.

No meio de toda essa confusão surge Arbaaz Mir, que precisa reaver um artefato tomado pelos Templários e dar assistência em seu relacionamento apimentado com uma nobre local.

Quem espera o realismo e a riqueza de detalhes vistos em “Assassin’s Creed: Syndicate” irá se decepcionar. Isto porque a série Chronicles foge do formato de exploração em mundo aberto, em 3D, para um game mais enxuto e linear, com visão 2.5D (que une jogabilidade 2D com efeitos visuais em terceira dimensão).

Mas isso não quer dizer que o game seja ruim ou inferior. Pelo contrário, o título é extremamente divertido e desafiante e lembra o inesquecível “Prince of Persia” não apenas pelo visual semelhante, mas pelo estilo de jogo em que é preciso vencer diversos obstáculos, resolver quebra-cabeças, liberar rotas de fuga, e outras exigências, como combates intensos e métodos criativos de executar os oponentes, que garantem pontos extras.

Com comandos simples e intuitivos, não é difícil dominar o joystick. No entanto, é preciso paciência para superar alguns pontos das fases, que demandam planejamento e concentração, mas que ao mesmo tempo tempera a brincadeira.


Com versões para PS4, PC e Xbox One, o game só é vendido via download por R$ 29,90. No caso das versões para consoles, a aquisição é feita nas lojas virtuais PlayStation Store e Xbox Live Arcade. Já a edição para computador pode ser adquirida na Uplay, loja exclusiva dos produtos Ubisoft, assim com nas revendas digitais Steam e Nuuvem. Vale a pena!

Acesse o GameCoin e fique por dentro de tudo que acontece no mundo dos games!