Policiais da 57.ª Delegacia de Polícia (Nilópolis) investigam o estupro de uma estudante de 12 anos, atacada por cinco adolescentes quando saía da escola. Ela foi entregue ao grupo por uma colega da escola, que deixou o local com os pertences da menina. A vítima foi socorrida por vizinhos, que a viram em pânico e sangrando. Os agressores foram identificados.

O caso, revelado pelo jornal Extra, aconteceu no mês passado. A menina saía da escola com uma colega, que sugeriu que fossem até a região conhecida como Fazendinha. Ao chegarem ao local, a colega se distanciou e a deixou com os cinco adolescentes. A vítima ainda tentou fugir, mas foi puxada pelos cabelos e teve a roupa arrancada. Entre os cinco rapazes, apenas um teria 18 anos. Eles filmaram o ataque sexual e divulgaram o vídeo na escola. A polícia usa essas imagens para identificá-los. A investigação corre sob sigilo e o caso será encaminhado ao Ministério Público.

A menina, traumatizada, está sob acompanhamento psicológico. Ela está afastada da escola e toma o coquetel de medicamentos para evitar o contágio por doenças sexualmente transmissíveis.