Quatro dias depois de um terremoto seguido por um tsunami, uma réplica de magnitude 6,5 foi registrada neste domingo às 8H02 (sábado, 19H02 de Brasília) no arquipélago das Ilhas Salomão, informou o centro norte-americano de geofísica (USGS).

Esta nova réplica não provocará nenhum grande tsunami, afirmou o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico. O epicentro da réplica aconteceu a 18 quilômetros de profundidade em uma área situada a 29 quilômetros a sudoeste de Lata, a principal cidade da ilha de Ndende, nas Ilhas de Santa Cruz que fazem parte das Salomão.

Na quarta-feira 20 povoados desapareceram sob uma onda gigante de até 500 metros que deixou mais de 6.000 pessoas desabrigadas em Ndende, uma das numerosas ilhas deste arquipélago.

O tsunami foi precedido por um terremoto de magnitude 8 que deixou pelo menos 13 mortos e muitos desaparecidos.