Quando se trata de um 'Super-clássico' entre River Plate e Boca Juniors tudo é possível. E na noite desta quinta-feira (7), não foi diferente. Diante de um Monumental de Núñez completamente lotado, as duas equipes fizeram um duelo digno de uma das maiores rivalidades do mundo.

No final, melhor para o River que saiu de campo com a vitória por 1 a 0, no jogo de ida, válido pelas quartas de final da Libertadores. De quebra, o River encerrou a invencibilidade do rival Boca na Libertadores, que havia se classificado na fase de grupos com seis vitórias e seis partidas. O gol foi anotado por Carlos Sánchez, de pênalti, aos 36 minutos do segundo tempo.

Torcida River Plate

Torcida do River deu um show a parte antes, durante e depois da partida(Foto: Reprodução/Facebook do River)

O compromisso de volta está agendado para a próxima quinta-feira (14), no lendário La Bombonera. Para avançar o River precisa empatar, ou em caso de marcar gols, pode até perder por 1 a 0. Já o Boca, precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar, e caso vença por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis.

Aliás, no último domingo (3), as duas equipes se enfrentaram no estádio, pela 11ª rodada do Campeonato Argentino, e o Boca venceu pelo placar que precisa para avançar na Libertadores, 2 a 0.

Quem classificar enfrenta nas quartas de final da competição continental o vencedor do duelo entre Cruzeiro e São Paulo, que voltam a campo, na próxima quarta-feira (13), às 19h30, no Mineirão. Na primeira partida, realizada na última quarta (6), o São Paulo largou na frente com a vitória por 1 a 0, no Morumbi, e joga por um empate para se classificar, ou se marcar um gol pode até perder por um gol de diferença.