O ano de 2015 começou há 10 dias e o cenário automotivo vive um maremoto com grandes chances de se intensificar nos 355 restantes. Greves de metalúrgicos, projeções de vendas sem crescimento, restrição de crédito, dólar em elevação e mais uma série de fatores que pode forçar os fabricantes a rever seus planos.
 
Muitas dessas celeumas da economia já estavam previstas nas planilhas dos fabricantes, o que indica que uma grande parcela das promessas deverá ser cumprida durante o ano.
 
Conheça os automóveis que irão chegar ao mercado nos próximos meses. Alguns são inéditos, haverá também novas gerações, outros serão reestilizados, ou apenas terão novas versões. O importante é que não vai faltar novidade na praça.
 
Volkswagen UP! (topo) 
 
Para comemorar seu primeiro ano de mercado, a VW prepara uma versão nervosa do UP!, equipada com motor turbo TSI 1.0 12v de 100 cv. A unidade foi exibida no último Salão de São Paulo. A potência pode até não impressionar, mas o torque de 20 mkgf é mais que suficiente para catapultar um carrinho com essas dimensões. Resta saber se a versão manterá o mesmo visual do conceito GT UP! apresentado em 2012.
 
 
Ford Focus 
 
Focus
 
Com um atraso de mais de um ano em relação ao europeu, o médio da Ford ganhará plástica seguindo o atual padrão visual da marca, com a chamada “grade de Aston Martin”, mantendo o motor Sigma 1.6 16v de 135 cv como base. Fabricado na Argentina, o Focus reestilizado deverá chegar no final do primeiro semestre.
 
 
Nissan Versa
 
Nissan versa
 
O comprido sedã compacto japonês também receberá nacionalidade brasileira e retoque visual. Assim como o March, o resultado não está entre os mais bonitos e se resume à parte frontal, mais precisamente aos faróis e o para-choque. Sob o capô, o Versa ganhará inédito três cilindros 1.0 12v de 77 cv, além do 1.6 de 111 cv.
 
 
Ford Ranger
 
Ford Ranger
 
Lançada em 2012, a picape Ranger passará por sua primeira plástica neste ano. O objetivo é deixá-la com visual semelhante ao novo SUV da marca, o Everest, que ainda é uma incógnita para o Brasil. As modificações irão se concentra na parte frontal e sem qualquer revolução na parte mecânica.
 
 
Renault Oroch
 
Renault Oroch
 
Sensação da Renault no Salão do Automóvel, a picape do foi exibida como conceito. No entanto, a versão final não deverá fugir do que foi mostrado. A Oroch segue o caminho do futuro utilitário da Fiat, com estrutura monobloco e medidas menores que uma S10. Seu lançamento pode ser esse ano, ou em 2016.
 
Mercedes-Benz GLE
 
Mercedes-Benz GLE
 
A mistura de SUV com cupê da Mercedes-Benz tem dividido opiniões. Mas a verdade é que o sexto SUV da gama chegará ao mercado brasileiro no segundo semestre. A princípio, desembarcará a versão GLE 400, equipada com unidade turbo V6 3.0 litros de 333 cv e tração integral 4Matic.
 
 
Audi TT
 
Audi TT
 
A terceira geração do roadster das quatro argolas foi apresentada no Salão do Automóvel de São Paulo e desembarcará por aqui em breve. Construído sobre a plataforma modular MQB, ele manteve suas linhas quase inalteradas. A versão base teve motor TFSI 2.0 recalibrado para 230 cv.