Com a vitória sobre a Argentina por 1 a 0, neste domingo (13), no Maracanã, a Alemanha repetiu a seleção brasileira e a Itália e conquistou o tetracampeonato após 24 anos de jejum. A Alemanha sagrou-se campeã mundial em 1954, 1974 e 1990, quando faturou o título pela última vez justamente após vencer a Argentina na final.

Confira a reação da torcida no momento do gol alemão:

O Brasil também havia conquistado seu quarto título mundial após 24 anos de espera, de 1970, no México, a 1994, nos EUA. Os outros dois títulos foram em 1958 e 1962.

A Itália também esperou 24 anos para vencer a Copa pela quarta vez, de 1982, na Espanha, a 2006, na África do Sul. As outras duas conquistas foram em 1934 e 1938. O título conquistado pela Alemanha neste domingo foi sofrido.

Depois de empate no tempo normal por 0 a 0, o meia Götze marcou o gol da vitória aos 7 minutos do segundo tempo da prorrogação. Ele entrou em campo aos 43 minutos do segundo tempo no lugar de Klose.

Confira as imagens da grande final da Copa do Mundo:

Taças

Com a vitória sobre a Argentina por 1 a 0, neste domingo (13), no Maracanã, a Alemanha se tornou a maior ganhadora da Taça da Copa do Mundo, o troféu que começou a ser dado ao vencedor do torneio a partir de 1974 ao substituir a Taça Jules Rimet. Foi a terceira vez que a Alemanha conquistou a taça. A primeira foi em 1974, quando sediou o Mundial.

Já a segunda foi em 1990, na Itália, numa final contra a Argentina como agora. Assim, os alemães superaram Argentina, Brasil e Itália, que estão empatados com duas conquistas cada um. Os alemães ainda ganharam a Taça Jules Rimet em 1954, quando conquistaram pela primeira vez um título Mundial. A Argentina também buscava conquistar a Taça da Copa do Mundo pela terceira vez.

A seleção ganhou o troféu em 1978, em casa, e em 1986, no México - quando também encarou a Alemanha, como agora. Até a Copa de 1970, o prêmio dado ao campeão era a Taça Jules Rimet. A Fifa ainda havia definido que o primeiro país a vencer três vezes a Copa ficaria com a posse definitiva do troféu. A honra coube ao Brasil, tricampeão no México, numa final contra a Itália, então bicampeão e também atrás da taça. Mas o fim da Jules Rimet não foi nada nobre.

Em dezembro de 1983, ela foi roubada da sede da CBF, no Rio, e nunca mais foi vista. Segundo a investigação policial, foi derretida pelos ladrões. Em 1974, ao instituir a Taça da Copa do Mundo como prêmio, a Fifa determinou que a posse do troféu seja transitória. Assim, cada campeão recebe uma réplica banhada a ouro e antes do início do torneio seguinte ao que venceu devolve a taça para a entidade.

Segundo a Fifa, o troféu, de ouro 18 quilates, tem 36,8 cm de altura e 6,175 kg de peso. A base têm duas camadas de malaquita semipreciosa, e a parte de baixo tem gravado o nome dos campeões e o ano de cada título desde 1974.

CAMPEÕES POR TAÇA:
- JULES RIMET (1930-1970)
Brasil: 1958, 1962 e 1970
Itália: 1934 e 1938
Uruguai: 1930 e 1950
Alemanha: 1954
Inglaterra: 1966

- TAÇA COPA DO MUNDO (1974 até hoje)
Alemanha: 1974 - 1990 - 2014
Argentina: 1978 e 1986
Brasil: 1994 e 2002
Itália: 1982 e 2006
Espanha: 2010
França: 1998