Depois de oito etapas do calendário da Fórmula 1 é a Ferrari que lidera o Mundial de Pilotos com Fernando Alonso. No entanto, a escuderia de Maranello mantém a cautela na temporada mais disputada dos últimos anos na categoria.
 
O chefe de equipe, Stefano Domenicali, destacou o desempenho da Red Bull, que por pouco não foi a vencedora no Grande Prêmio da Europa, no último final de semana, em Valência, na Espanha.
 
"Nós vimos que a Red Bull evoluiu muito em termos de desempenho puro. Não podemos esquecer isso nem por um minuto. Já estamos trabalhamos forte na fábrica. Mas não é suficiente ainda e precisamos continuar pressionando", afirmou o dirigente.
 
Pole-position, Vettel dominava a corrida até que teve um problema com o motor do RB8, o que abriu caminho para o espanhol Fernando Alonso. Apesar do empecilho mecânico em Valência, Domenicali considera o carro da escuderia austríaca um dos melhores.
 
"Acho com certeza que estamos em outro nível na comparação com o começo da temporada. Mas não temos ainda o carro mais rápido. Na minha opinião, a Red Bull tem o melhor desempenho puro", acrescentou.
 
O chefe da Ferrari planeja ainda muito trabalho para o time, mas reconhece a melhora do F2012. "Precisamos ser honestos, não estamos lá ainda. Realmente, temos de continuar trabalhando forte, com os pés no chão, sabendo que, com certeza, este carro já é bem diferente daquele que tínhamos no início do ano”.